Irará: Vereadores derrubam veto e mantém aumento de subsídios

A Câmara de vereadores do município de Irará, em sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (12.01), derrubou o veto ao projeto de Lei 490/2020.

Projeto que assegurava aumento de subsídios dos vereadores, Secretários, prefeito e vice-prefeito do município de Irará. O Projeto de nº 490, havia sido aprovado pelos vereadores na gestão passada, porém foi vetado pelo então prefeito Juscelino Souza.

Na sessão desta terça-feira (12), os vereadores derrubaram o veto por 08 votos contrários ao veto e 03 votos a favor do veto.  Com a derrubada do veto, o projeto volta a sua integralidade original, ou seja, como foi aprovado pelos vereadores anteriormente.

A reposição (aumento) dos subsídios ficou da seguinte maneira: Os vereadores passam a perceber R$ 7.890 reais, secretários municipais que não tiveram aumentos nos últimos 8 anos, voltaram a igualar os vencimentos com os vereadores, recendo igual valor R$ 7.890 reais, conforme predomina a legislação; os vencimentos do prefeito e do vice-prefeito não sofreram majorações, continuam os mesmo valores R$ 18 mil e R$ 10 mil, respectivamente.

O projeto segue para o executivo para ser sancionado pelo prefeito Derivaldo Pinto.

Fonte: Blog do Tavares