Polícia Política  

150x60<vazio>
Conheça nossas promoções!

Casa de Carne do Gaúcho é sua melhor opção, agora ampliada e com novos equipamentos




-
Conheça as poromoções do Pedronça


Aluga-se radio VHF - R&E Segurança



Irmãs roubam garrafas de vodca em mercado e pai leva filhas para delegacia após polícia divulgar imagens

Duas irmãs foram flagradas por câmeras de segurança de um supermercado de Eunápolis, sul da Bahia, enquanto roubavam três garradas de vodca. Depois de ver as imagens divulgadas pela polícia, o pai levou a dupla até a delegacia. 

O caso aconteceu no sábado (9/06/18), mas elas foram apresentadas à polícia na tarde de terça-feira (12). Nilsilane de Jesus Farias, de 27 anos, e Nilciléia de Jesus Farias, de 24, são de Porto Seguro, cidade vizinha a Eunápolis.

O pai, que não teve o nome divulgado, pagou o valor dos produtos furtados, um total de R$ 600, conforme informou a polícia. As irmãs foram ouvidas e liberadas. Elas vão responder em liberdade pelo crime de furto qualificado.

Nas imagens das câmeras de segurança, é possível ver que elas se aproximam da vitrine onde ficam as bebidas, e escolhem quais garrafas vão levar.

Enquanto uma pega os produtos, a outra coloca dentro de uma bolsa. Quando uma funcionária do estabelecimento se aproxima, elas param de pegar os produtos. Depois da ação, as duas saem tranquilamente do supermercado .

Câmara discute registro do forró como patrimônio cultural do Brasil

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados irá discutir, nesta quarta-feira (13/06/18), o processo de registro do forró como patrimônio cultural do Brasil. O debate foi proposto pelos deputados do PCdoB Daniel Almeida (BA) e Luciana Santos (PE). Segundo os parlamentares, a Constituição de 1988 ampliou consideravelmente o conceito de patrimônio cultural, ao incorporar os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto. Assim, além de monumentos históricos e sítios arqueológicos, as manifestações artísticas, como festas também fazem parte do patrimônio cultural brasileiro.

De acordo com a Agência Câmara, Foram convidados para participar da discussão, entre outros: a presidente do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa; e a representante da Sociedade dos Forrozeiros de Pernambuco Tereza Acioly. A audiência será realizada no plenário 10, após a reunião ordinária da comissão marcada para às 14h30. Em 2000, o governo federal editou o Decreto 3.551, que institui o registro de bens culturais de natureza imaterial que constituem patrimônio cultural brasileiro. Desde então, diversos bens culturais já foram registrados em livros específicos, entre eles o samba. Nada mais justo, na opinião de Daniel Almeida e Luciana Santos, que o forró receba o mesmo tratamento. O reconhecimento do forró como patrimônio cultural imaterial foi solicitado em 2011. “Estamos convictos de que o reconhecimento do forró como patrimônio cultural imaterial brasileiro aponta para o fato de que a maior riqueza de nosso País não se resume à exuberância da natureza, nem às dimensões continentais do território nacional, mas se concentra na cultura de nosso povo que, em meio à adversidade e à pobreza a que está submetido, consegue manter viva essa bela tradição cultural nordestina: o forró”, afirmam os parlamentares no pedido para realização dessa audiência.A taxa de homicídios do estado da Bahia subiu de 23,7 a cada 100 mil habitantes em 2006 para 46,9 em 2016, representando uma variação de 97,8% nos 10 anos.  


Homens são 96,4% da população carcerária da Bahia

A população carcerária da Bahia, formada por 14.361 pessoas, tem 96,4% de homens e 3,6% de mulheres, de acordo com levantamento realizado pela Justiça brasileira.

O Painel Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP), iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) busca mapear as informações sobre todos os presos do país, teve 100% de cadastramento dos presos da Bahia.

No estado, das 26 unidades prisionais, oito unidades possuem  contingente de detentas mulheres. São elas: o Conjunto Penal Feminino, o Conjunto Penal de Feira de Santana, o Conjunto Penal de Jequié, o Conjunto Penal Advogado Nilton Gonçalves, o Conjunto Penal de Paulo Afonso, o Conjuntop Penal de Teixeira de Freitas, o Conjunto Penal de Juazeiro e o Conjunto Penal de Itabuna.



Produção audiovisual de mulheres movimenta espaços culturais em Cachoeira

Exibição de curtas metragens, mostra itinerante de longas, oficinas, intercâmbio artístico, performances e rodas de conversa. É de tudo isso que será feita a Mostra MAR - Mulheres Ativismo e Realização, um evento voltado para dar visibilidade à produção e exibição audiovisual de realizadoras brasileiras em diferentes espaços culturais da cidade de Cachoeira e distritos, de 16 a 20 de maio. A iniciativa é uma realização da Mulher de Bigode Filmes, em parceria com o Coletivo Gaiolas, e é viabilizada por meio do apoio financeiro da Secretaria de Cultura do Estado (Secult), através do Fundo de Cultura do Estado.

Com o desejo de ser uma grande tela para a valorização da produção audiovisual de mulheres em sua diversidade, surge a Mostra Mulheres Ativismo e Realização – MAR, como um território de acesso às narrativas contemporâneas desenvolvidas por mulheres. A MAR é um espaço para projetar filmes realizados por mulheres, em tempos em que avanços e conquistas convivem com retrocessos e crescente conservadorismo. Durante o evento, será garantido o espaço para valorizar, difundir e promover as narrativas contemporâneas realizadas por mulheres em sua diversidade.

O evento já começa com a exibição do filme O Processo, de Maria Augusta Ramos, que documentou o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff e ganhou grande repercussão internacional e nacional. O filme foi premiado como “Melhor Longa-Metragem” no festival IndieLisboa, em Portugal. A diretora passou meses em Brasília documentando cada sessão, cada ato, cada episódio que culminou na retirada de Dilma da Presidência da República. A sessão acontecerá na cerimônia de abertura Praça Teixeira de Freitas, com acesso livre do público.

A MAR recebeu 332 curtas metragens de mulheres brasileiras. 23 foram selecionados pela curadoria da mostra, apontando para uma produção diversa e que passeia por temas como a solidão da mulher negra, ancestralidade, transfeminismo e cinema experimental. Desse número levantado, 41,1% das obras inscritas são documentários, 33 % são filmes de ficção. A maior parte dos filmes desenvolvidos foram realizados em 2017: 54,9% curtas metragens. Do conjunto das obras inscritas, 70,7% foram realizadas de modo independente, sem acesso aos mecanismos de financiamento. Também foi importante visualizar o perfil das realizadoras: 21,5% são do Rio de Janeiro e 16,2% da Bahia. Desse cenário de diretoras, 60,1% são brancas e 21,6% são negras. A imensa maioria das inscritas são ceratogêneas (pessoas cis) (97,8%) e heterossexuais (49,1%).

Os filmes selecionados são narrativas realizadas por mulheres de diversos territórios do país, filmes festejados no circuito nacional e internacional de festivais nos últimos dois anos, somado a obras de realizadoras estreantes, com filmes que nascem agora, na urgência, em meio as necessidades de transformação e reexistência dos últimos acontecimentos.  Confira matéria completa no site da Secult.



Hemoba lança campanha para garantir estoque durante festas juninas e Copa do Mundo

Em função do período de festas juninas e do início da Copa do Mundo Fifa 2018, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) lança a campanha ‘Doadores Hemoba – Façam parte da nossa seleção`. O objetivo é mobilizar os doadores para reestabelecer os estoques de sangue da fundação e garantir o atendimento regular das ocorrências comuns durante este período.

O mês de junho reúne diversos fatores que aumentam a preocupação com os estoques de sangue da Hemoba. Festejos típicos de São João, cultura de fogos de artifício e o início do Mundial de Futebol são elementos que geram eventos e intensa movimentação nas cidades e nas rodovias do estado. Como consequência, é esperado um possível aumento de registros de acidentes automobilísticos e com queimados, endossando a necessidade de transfusões sanguíneas.

Alinhado a isso, desde abril, a fundação observa uma redução de 30% a 50% no número de candidatos à doação. Embora tenha adotado diversas estratégias de captação de voluntários, a instituição permanece com estoques críticos. A baixa nos estoques se dá pela menor incidência de candidatos em períodos chuvosos e pelas baixas temperaturas, situação que se repete a cada ano.

Com o lançamento da campanha, a Hemoba convoca a população para vestir a camisa da solidariedade e entrar em campo doando sangue. As doações irão contribuir para fornecimento efetivo de hemocomponetes para centenas de unidades de saúde dos 417 municípios da Bahia.

Onde doar

Os interessados têm à disposição 29 unidades de coleta distribuídas em todas as regiões da Bahia. Quatro delas são unidades móveis (Hemóveis) que buscam se aproximar do doador e ampliar o acesso ao serviço. Os endereços e horários de atendimento das unidades fixas de coleta, assim como o roteiro semanal dos Hemóveis, estão disponíveis no site da fundação.

Para doar

Os candidatos devem ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal) e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional. Além disso, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos, sendo necessário estar bem alimentado e tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura.

Doar sangue é simples, rápido e seguro. O organismo repõe o volume de sangue doado nas primeiras 24 horas após a doação. Todo o material utilizado na coleta é descartável, o que elimina qualquer risco de contaminação para o doador. Candidatos à doação de sangue que tenham sido vacinados recentemente contra a gripe ficam inaptos por 48 horas, a contar da data da vacinação.


Prefeitura de Conceição do Jacuípe faz confusão com Leis da cidade Prefeitura de Amélia Rodrigues inicia localização e mapeamento de nascentes Vereadora denuncia más condições das estradas de Conceição do Jacuípe


Câmara de Conceição do Jacuípe discute polução sonora e visual


Karate de Conceição do Jacuípe brilha em Campeonato baiano


Dupla de moto mata jovem a tiros na Zona Rural de Coração de Maria


Forró da Família realizado em Conceição do Jacuípe
Prefeitura de Amélia Rodrigues realiza final do Campeonato de Futsal 2018

Atletas de Conceição do Jacuípe vencem no mundial de Jiujitsu

I Feira de Saúde é realizada no Distrito de São Bento do Inhatá

SÃO PEDRO DE AMÉLIA RODRIGUES É DESTAQUE NO CALENDÁRIO DE FESTIVIDADES JUNINAS
Prefeitura de Amélia Rodrigues recebe Sala de Estabilização para Hospital 

©2009 Jacuípe Notícias, todos os direitos reservados

Jacuípe Noticias